BMS

Agência Rejeita Plano De Trump De Incentivo Ao Carvão E Usinas Nucleares:

Data: 10/01/2018

Fonte: O Globo

Uma agência independente de energia rejeitou, nesta segunda-feira, um plano da administração de Donald Trump de incentivo ao carvão e usinas nucleares, o que representa um forte impacto nas intenções do presidente dos Estados Unidos de reviver a indústria do carvão no país.

A decisão da Comissão Reguladora Federal de energia Republicana (FERC) foi inesperada e vem após repetidas promessas de Trump de retomar o carvão como forte fonte de energia do país. A indústria foi impactada recentemente por múltiplas falências e sucessivas perdas de mercado a medida que o gás natural e fontes de energia renováveis foram ganhando força.

O secretário de energia americano Rick Perry propôs, no ano passado, um novo plano de apoio do governo ao carvão e para usinas nucleares em um esforço para diminuir a velocidade com a qual essas unidades estão diminuindo, declarando tal medida como uma saída necessária para evitar quedas de energia "em tempos de estresse como os recentes desastres naturais".

O Departamento de energia identificou que 531 unidades geradoras de carvão foram desativadas entre 2002 e 2016. E que, além disso, oito reatores nucleares anunciaram planos semelhantes no último ano. Trump prometeu brigar contra este declínio e terminar com a "guerra" em comunidades de mineração, revogando diversas regulações ambientais estabelecidas durante a administração de Barack Obama.

Nenhum perito partidário, entretanto, publicado no último mês, calculou que o plano custaria aos contribuintes americanos cerca de $10.6 bilhões ao ano. E que o dinheiro seria para sustentar algumas das mais antigas usinas nucleares no país, de acordo com um relatório do grupos de pesquisadores "Iniciativa para Políticas de clima e Inovação em Energia".

Ao rejeitar a proposta, a FERC declarou que, apesar da administração de Trump declarar o contrário, não há evidências de que os desativamentos de usinas de carvão tenham causado uma ameaça a confiabilidade da rede elétrica nacional. Críticos apontaram que o plano distorceria mercados de energia e a aumentaria preços aos consumidores, especialmente no nordeste e meio-oeste americano. Um deles classificou o plano como "ridículo" e perverso.


Últimas Notícias:

Ingersoll Rand® Fortalece Compromisso Com Confiabilidade E Eficiência Por Meio De Portfólio De Serviços Robusto E Diversificado Na Feimec 2018

Aro Traz Interação, Tecnologia E Automação Para A Feimec

Após 34 Meses Desativado E Uma Grande Reforma, Alto-forno Da Usiminas é Reativado

Série: Recuperação De áreas Mineradas | Bamin Desenvolve Centro De Conservação Sócio Ambiental

Cbmm Vê Retomada Da Demanda De Nióbio E Projeta Crescer 7% No Ano

    BRASIL MINING SITE® - Todos os direitos reservados